Cidadania Italiana

Cidadania italiana: Documentos necessários passo a passo.

Cidadania italiana!!! Um sonho almejado por muitos brasileiros que tem sangue italiano e possuem esse direito.

No post de hoje será descrito o passo a passo para ter o reconhecimento por  “ius sanguinis” diretamente na Itália, mais conhecida como cidadania “por descendência”

Mas eu posso entrar com meu pedido no Brasil? Sim! Desde que não tenha pressa e possa esperar cerca de 10 anos para adquirir seu passaporte europeu.

Vamos a montagem do processo?

Passo 1 – Árvore genealógica

Você deverá desenhar sua ascendência direta até chegar no parente italiano. Faça uma listagem simples. Essa é a base para que você saiba de quais pessoas você precisará dos documentos.

Cidadania Italiana

Passo 2: Levantamento de certidões

Comece a pesquisa e faça em cartório solicitação das certidões (intero teor e firma reconhecida pelo escrevente) de todos os parentes da linha de ascendência até o italiano. As certidões necessárias são nascimento, casamento (caso haja divórcio, deve constar a averbação do divórcio) e óbito.

No caso dos documentos do italiano, obviamente serão encontrados somente na Itália e pode ser Certidão de Nascimento ou de Batismo (conforme ano de nascimento do ancestral) e a Certidão de Casamento, caso o italiano tenha ido casado para o Brasil.

Caso você saiba o comune ou igreja que se encontra o documento do italiano, é só encaminhar um e-mail ou carta para solicitar, caso contrário, precisará contratar um pesquisador para obter essa informação e posteriormente conseguir o documento.

Passo 3: Certidão negativa de naturalização

Já com o documento do italiano em mãos você acessar o Justiça.Gov, preencher os dados solicitados e expedir a Certidão Negativa de Naturalização (CNN).

Com a CNN você tem a certeza de que seu antepassado italiano não se naturalizou brasileiro. Isso possibilita aos sucessores o direito à cidadania italiana.

Dica: inclua todas as variações do nome do ancestral italiano que você encontrou nas certidões.

Passo 4: Tradução dos documentos para o idioma italiano

Com todas as certidões em mãos é hora de encontrar um tradutor juramentado e contatá-lo para traduzir todas as certidões. Lembrando que as traduções devem conter firma reconhecida do tradutor.

Passo 5: Apostilamento

Certidões originais e as traduzidas em mãos mais a CNN, você já pode apostilar os seus documentos.

Compareça em um dos cartórios autorizados pelo Conselho Nacional de Justiça para realizar este procedimento.

Depois disso toda a documentação está Ok. Eu recomendo a contratação de uma assessoria diretamente na Itália para dar entrada no processo, te ajudar com acomodação e demais trâmites no país.

Caso tenha alguma dúvida deixe seu comentário. Espero ter ajudado e boa sorte no seu processo de cidadania!

Imagem5

Nas redes 💻

Instagram: @ondecevailoko

Facebook: @ondecevailoko

✈ Superela: Colunista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s